segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Mais que uma canção, uma PRECE!

Súplica Cearense
(Luiz Gonzaga)

"Ó, Deus, perdoe esse pobre coitado, que de joelhos rezou um bocado, pedindo pra chuva cair sem parar.

Ó, Deus, será que o Senhor se zangou, e só por isso o sol se arretirou, fazendo cair toda chuva que há.

Senhor, eu pedi para o sol se esconder um tiquinho, pedi pra chover, mas chover de mansinho, pra ver se nascia, uma planta no chão.

Ó, meu Deus, se eu não rezei direito o Senhor me perdoe, mas eu acho que a culpa foi desse pobre que nem sabe fazer oração.

Meu Deus, perdoe eu encher os meus olhos de água...E ter lhe pedido cheinho de mágoa, pro sol inclemente se arretirar.

Desculpe, eu pedi a toda hora pra chegar o inverno, desculpe eu pedir para acabar com o inferno, que sempre queimou o meu Ceará ..."







É gente, a chuva aqui no Sudeste e no Sul, não dá tregua. E porque essa chuva não vai para o sertão? Esse é meu questionamento...

Vi uma entrevista semana passada sobre a transposição do Rio São Francisco. Geólogos, ambientalistas e os funcionários do Ibama, estão trabalhando com afinco para salvar as espécies da caatinga para que não desapareçam.

Eu queria que o povo também não desaparecesse...que as crianças tivessem o que comer e nunca mais ver esse rosto triste e sofrido no meu Nordeste amado.

Hoje esta é minha prece: Mande chuva para aquela terra sofrida mas de povo valente, por favor Deus!!!

beijos

4 comentários:

Pedrita disse...

há soluções tão simples para resolver a questão da seca e eles só se preocupam com projetos mirabolantes e milionários como o do rio são francisco pra desviar verbas. beijos, pedrita

Diamante Cor de Prata disse...

è verdade Pê...chega a doer sabia? :(bijos

Elaine disse...

Lembrei de um poema(não lembro nem o nome nem o dono),só lembro desse verso:
Reclamam no sul chuva tanta,
errou de lugar na caída...
Parece que até a natureza está em convulsão...
Que nosso Senhor tenha misericórdia dessa terra,que clama...
E tenha compaixão dos filhos de Deus.
Fica com Deus,menina.

Diamante Cor de Prata disse...

Elaine, que poema lindo. Veio apenas completar o nosso clamor. Bjs:)